Novos Ciclos – Matéria publicada no Caderno Viver com Saúde – Jornal NH – Segunda 14.10.19

Ondas de calor, humor instável, insônia, sudorese noturna, cansaço excessivo, diminuição da libido, ciclo menstrual irregular são sintomas compatíveis com o período do climatério e sinalizam à mulher que está chegando a tão emblemática menopausa.

Ela faz parte do universo feminino e inicia normalmente entre os 48 e 50 anos. Nessa fase diminui significativamente a produção de estrogênio e progesterona, estes que são hormônios envolvidos na manutenção de funções fisiológicas importantes, além de terem papel significativo na percepção de autoestima, estados emocionais e motivacionais. Além disso, os níveis reduzidos desses hormônios aliado à um estilo de vida irregular favorece a maior produção e armazenamento de gordura, agravando os sintomas do climatério e da menopausa.

Teoricamente, esse evento deveria coincidir com uma vida já bem estabelecida e organizada, mas como ela não é tão linear assim, muitas vezes, chega quando se está ainda à todo vapor, gerando incertezas e inseguranças. No entanto, com algumas estratégias alimentares, evitando ou incluindo alimentos no seu dia a dia, e mudanças de hábitos de vida, é possível melhorar o quadro sintomatológico tanto no período pré como pós-menopausa. Veja:

-Processados: evite embutidos, congelados e refinados pois favorecem desequilíbrios metabólicos e hormonais.

-Gatilhos: abstenha-se do uso da cafeína, álcool, alimentos açucarados e picantes uma vez que possuem substâncias que podem desencadear ondas de calor e suores noturnos.

-Fitoestrogênios: inclua alimentos à base de soja (tofu, tempeh), linhaça triturada pois possuem esses compostos naturais que no organismo produzem um efeito semelhante ao do estrogênio.

-Vitamina D: aproveite a luz solar que é sua principal fonte e alguns alimentos que oferecem ela em pequenas quantidades (peixes, ovos, leite e derivados) para fortalecer o sistema ósseo e diminuir a incidência da osteoporose.

-Cálcio: consuma couve, brócolis, leite e derivados que fornecem esse mineral imprescindível ao tecido ósseo.

-Ômega 3: utilize com frequência peixes de água fria (salmão, sardinha, atum), abacate, azeite de oliva que são ótimas fontes e colaboram para modulação do humor e preservação do sistema cognitivo.

-Proteínas: carnes, peixes, ovos, legumes (feijão, ervilha), grãos (quinoa), leite e derivados, vegetais (espinafre) contêm este macronutriente essencial à manutenção da massa muscular e equilíbrio do sistema fome/saciedade.

-Vitaminas, Minerais, Antioxidantes, Fibras: inclua as hortaliças, folhas verde-escuras e frutas nas suas refeições pois contêm esses micronutrientes indispensáveis ao sistema gastrointestinal e controle do peso corporal.

-Atividade Física: pratique regularmente, pois atenua as ondas de calor e a sudorese noturna, melhora os níveis de energia, humor, ansiedade, sono, estresse, além de fortalecer articulações, ossos e músculos.

-Hidratação: beba 8-12 copos de água/dia para reduzir inchaços e prevenir o aumento de peso.

A menopausa não é uma doença e sim uma etapa natural da vida. Transforme esse momento de transição direcionando suas energias para iniciar novos ciclos com novos desafios e descobertas e, então, um mundo de novas possibilidades se descortinará nesse universo tão vasto e bonito que é você.